Como comentar aqui:

Se você não tem conta no Google ou no Blogger, vá em "comentar como" e preencha seu nome, não precisa de URL (pode ficar em branco). Depois é só "postar comentário".
bjs

domingo, 1 de novembro de 2009

Bem feito, bem feito, bem feitooooooo!!!


Li algumas matérias sobre o caso da menina da Uniban. Todo mundo defendeu a garota, e seu direito de escolha da roupa que a faz sentir mais bonita.
Peraí: então a menina vai pelada, vestida feito uma piranha na universidade e é tratada como vítima inocente da turba amalucada?
Tiraram fotos, chamaram de puta, vaiaram, falaram merda, mas ninguém chegou perto, estou errada?
Lista dos cadês:
1-Cadê a segurança dessa BOSTA de Uniban??? Que, não só deixou entrar quase pelada, como não conteve a zona que virou o desfile da moça pela rampa?
2-Cadê os pais da menina que não a viram sair de casa nesse naipe de elegância? Ou que não sabiam que ela costuma assistir aula SEMPRE com esse tipo de roupa -segundo declaração dos professores aos policiais que conduzem o inquérito.
3-Cadê o bom senso dessas meninas que andam vestidas de putas (já cansei de ler matérias em revistas sérias, onde os meninos dizem que, nas baladas, não distinguem mais uma garota de programa de uma garota de família, só de olhar) e querem ser tratadas com respeito?

Ora, vão se foder.

Uma coisa é vc ter direito a usar uma roupa diferente, querer se destacar, querer ter seu lugar. Outra completamente diferente é andar feito uma vagabunda e achar que os meninos vão te respeitar.

Devo sim, ser careta e machista.
Sinceramente?
Bem feito!
Ela que vá vender vassouras e lembre dessa baixaria pra aprender que, neste mundo, quem sai na chuva é pra se molhar.
beijos