Como comentar aqui:

Se você não tem conta no Google ou no Blogger, vá em "comentar como" e preencha seu nome, não precisa de URL (pode ficar em branco). Depois é só "postar comentário".
bjs

quarta-feira, 25 de março de 2009

Revolvendo


De uns tempos pra cá o cara ressurgiu.
Nas rádios e na novela, lá está o Gonzaguinha cantando feliz da vida.
Eu achava o cara genial nas letras, mas confesso que cansava um pouco das canções mais melosas.
Ele tem um filho que canta como ele, não foi só a Elis que pariu a própria voz!
Gonzaguinha, pra quem não sabe foi um dos que mais brigou na época da ditadura teve mais de vinte músicas vetadas integralmente e era ultra politizado. Fundou um movimento chamado Movivento Artístico Universitário, em plena década de 70.
O cara era bom.
Ele morreu no mesmo 1991 que levou o Freddie Mercury.
Só fico aqui pensando nos motivos que trazem um artista pra moda outra vez, isso me parece sempre tão interessante!


Ah, ontem tava vendo a biogafia da Linda McCartney e descobri um monte de coisas que eu não sabia! Antes de ela conhecer o Paul, ela namorou o Jim Morrison e o Mik Jagger... a mulher não era fraca!!!
beijos

terça-feira, 24 de março de 2009

Certas canções que ouço cabem tão dentro de mim...


O texto não é meu, é da Rosana Herman que, pra variar, acertou em cheio:
Deve ser a crise mundial, respingando em todos os indivíduos.
De repente, o molho desanda.
As coisas saem fora da ordem.
Tenho recebido vários emails, mensagens, de pessoas que estão vivendo períodos difíceis. Depressão, desespero, solidão. Falta de perspectiva. Insatisfação com a realidade. Medo. Dúvida. Sofrimento.
De certa forma estamos todos sentindo isso,no corpo, no espírito.
Nessas horas é bom lembrar que tudo passa. É um momento, uma fase.
Sim, estamos no durante, é hora de provações.
Mas também elas passarão.
A ordem do dia, mesmo no meio da confusão, é salvar o que temos de melhor e deixar o resto ir.
Cuide bem da alma, do coração, da fé.
São eles nossas ferramentas para atravessarmos a avalanche.
São eles que vão nos guiar para o outro lado.
São eles que vão nos manter em pé.

Bom dia.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Manipulação global


Final de semana interessante. Duas festas no sábado e um programa bacana perdido no domingo...
O Fantástico de ontem exibiu inacreditavelmente outra entrevista com a mãe da Isabela Nardoni(em razão da proximidade do aniversário de um ano do crime).
A história toda foi um horror, até eu passei na casa dela pra espiar e bati boca com um segurança...(fato registrado aqui).
Mas pra quem não reparou, a intenção da Rede Globo em reacender o interesse da audiência é tamanha, que o artifícios utilizados beiraram o ridículo.
O cenário foi absolutamente o mesmo, as mesmas cadeiras, na mesma posição, os mesmos objetos de cena, e a mãe da menina com a mesma camiseta branca com uma malha bordô nas costas conversou com a mesma jornalista sobre as mesmas coisas de um ano atrás.
Dava pra voltar no assunto de forma mais inteligente e interessante, fala sério.
Eu não sei o que passa na cabeça de quem avalia o perfil dos espectadores dos programas da Rede Globo, mas vou te contar...
Boa semana!!