Como comentar aqui:

Se você não tem conta no Google ou no Blogger, vá em "comentar como" e preencha seu nome, não precisa de URL (pode ficar em branco). Depois é só "postar comentário".
bjs

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Meritocracia no way


Sábado o João Marcello Bôscoli escreveu, em sua coluna do Estadão, um texto super bacana sobre um recurso  de estúdio que conserta a voz de qualquer gralha. Ele dizia o quanto essa busca por uma perfeição  ultrapasteurizada acaba com os valores e características das pessoas.
Hoje em dia os sorrisos são tão iguais, os dentes tão branquinhos. Ninguém mais conserva características próprias, todo mundo quer se enquadrar. Quer caber no jeans 38 de todas as facetas da vida.
Eu mesma, pra ser bem sincera, cheguei à conclusão de que sou de uma hipocrisia bem boa. Faço dissertações de mestrado pra quem não tá a fim de fazer mas pode pagar bem, e escrevo livros que outras pessoas assinam.
Daí, que a verdade é que tanto faz se você merece o que tem, se foi conquistado ou comprado (ou roubado, ou usurpado).
Não faz diferença mais.
Por essa e por outras é que eu tô cada vez mais enfiada em casa, plantando flores no canteiro pra ter coisas bonitas pra olhar; ao invés de botar a cara pra fora e só ver casca pra todo o lado.
Não é mau humor não, é uma simples e triste constatação!

Boa semana gente!
bjs