Como comentar aqui:

Se você não tem conta no Google ou no Blogger, vá em "comentar como" e preencha seu nome, não precisa de URL (pode ficar em branco). Depois é só "postar comentário".
bjs

terça-feira, 2 de março de 2010

Apapu 2010


E não é que proibiram a propaganda da cerveja Devassa???

Ai meus sais...

Só sendo muito devota da Santa Paciência mesmo.

O nome desse blog ainda vira Lesma azeda de sofá.

Quem disse que as mulheres precisam desse tipo de proteção diferenciada?

Quem pediu isso?

Antes do feminismo, quem mandava nas mulheres eram os homens e as maiorias. Hoje são as maiorias feministas, paternalistas, intolerantes e mal comidas; e os insuportáveis politicamente corretos.

Se uma mulher decide fazer a linha loira burra, se decide ir pro farol fazer programa, se vai pro BBB ou faz mestrado, o problema é dela.

Não se faz esse tipo de juízo de valor. As pessoas têm direitos. As mulheres não são idiotas e sabem muito bem cuidar de si; e aquelas que não sabem, não vão aprender sendo “protegidas” de sua própria tolice.

Odeio ver mulheres sendo tratadas como filhinhas rebeldes ou sofredoras.

Não admito ver as mulheres tratadas como um bando de micos leões dourados acéfalos e incapazes; mulher não requer supervisão.

No meu mundo perfeito não haveria delegacia da mulher.

Isso é outra coisa que eu não engulo.

Minha filha toma ônibus, toma bronca do chefe, se vira, se defende, chora, quebra a cara e aprende. Se perde e se acha, mas faz seu caminho.

A vida não é mole, mas é triste pra quem admite ser tratada, defendida e protegida como se fosse incapaz.

Cabe a cada uma de nós fazer escolhas, como acontece com qualquer ser vivente.

Quem escolher errado, dança.

Vou explicar uma coisa que acho que ninguém sabe: toda a vez que você (homem, mulher ou samambaia) fizer uma escolha errada, vai arcar com as consequências. Isso acontece- caso não tenha percebido- desde que você era criança e dizia que o cachorro comeu sua lição de casa ou enfiava o dedo na tomada.

Francamente...

Eu faço zilhões de cagadas; mas faço questão absoluta de escolher cada uma delas.

Quem agüenta uma coisa dessas em 2010???????

Que vergonha, gente!

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Mal humorada


Deve ser o inferno astral (só pode ser).

Tiraram a "proteção" do menor que participou do assalto que resultou na morte do João Hélio. Engraçado que pouca gente acha diferente estuprar, torturar e matar como fez o Champinha e fazer uma grande merda sem perceber como fez esse coitado quando arrastou o menino pelo cinto de segurança. Não tem peso e medida pra crime, se roubou um pão no mecado ou se roubou o cofre do banco é roubo do mesmo jeito. Por isso a justiça é cega.
Mas existe a intenção, a premeditação. Não fosse isso não existiria o crime doloso e o culposo.
Mas nem gasto mais meu teclado com isso.

Um bando de desmiolados bem humorados resolve fazer uma marcha pela liberação da maconha e a polícia proíbe??? Caramba. Se alguém quiser fazer uma marcha contra a polícia faz como?
Brasileiro já não reclama de nada, já não se organiza, já não vai pras ruas se não for pelo futebol e quando ensaia uma manifestação, a polícia proíbe??? Ai socorro.

Acho maconha uma bobagem depois de certa idade, perdoável em alguma idade e perigosa e dispensável em qualquer idade. Mas aí tem a questão do tráfico, que é muito pior.
Melhor deixar o povo comprar na farmácia que no morro.
Melhor saber a procedência, melhor uma logística legal pra coisa toda.

Enfim.
Tô brava com uma bobagem que rolou na escola do Grê, mas só vou falar no assunto depois que falar com meu muso palpiteiro especial, o Flávio!!!
bjs e boa semana, gente!